» Curso Analista Contábil – Aspectos Práticos

Opções de compra
Opção 01 - Inscrições até 21/09/2018 R$ 750,00
Opção 02 - Inscrições entre 22/09/2018 e 15/10/2018 R$ 790,00
Opção 03 - Inscrições após 15/10/2018 R$ 830,00

 

Conteúdo Programático1

 

Objetivo

 

Desenvolvimento, em âmbito prático, mediante o uso de software e/ou planilhas eletrônicas, lançamentos contábeis complementares, revisão de nomenclaturas e reclassificações entre contas ou grupos, conciliação das principais contas patrimoniais – fontes internas e externas, cruzamento com obrigações acessórias, ajustes decorrentes dos novos métodos e critérios contábeis vigentes comuns às entidades de fins lucrativos (exceto S/A) enquadradas como PME (NBC TG 1000 – Resolução CFC 1.255/2009) e seus reflexos tributários a partir da vigência da Lei 12.973/2014, cálculo e contabilização do IRPJ e CSLL – corrente e diferido (real e presumido) e a elaboração das demonstrações contábeis, no âmbito da ECD, com ênfase nas notas explicativas e DFC.

 “Trazer Calculadora, Lápis e Borracha.”

 

Público Alvo

 

Profissionais da área contábil em geral, com maior ênfase aos assistentes e analistas que procurem por atualização ou reciclagem na matéria. Preferível que o participante seja usuário de planilhas eletrônicas (Office Excel).

 

Instrutor

 

Prof. Édison Remi Pinzon

 

Programa

 

1) FUNDAMENTOS E CLASSIFICAÇÃO DAS CONTAS

1.1) Terminologia de contas, subtotais e interpretações conforme normas contábeis vigentes

1.2) Circulante e Não Circulante

1.3) Plano referencial da RFB – necessidade de segregação de contas contábeis

1.3.1) Contas patrimoniais

1.3.2) Contas de resultado – lucro real

1.4) Contas contábeis analíticas redutoras de ativo ou de passivo – não inclui contas relacionadas às modificações do Pronunciamento Técnico CPC 47

1.4.1) Contas a receber

1.4.1.1) Devolução de venda do exercício social anterior

1.4.1.2) Receita faturada e não entregue

1.4.2) IRPJ e CSLL pagos por estimativa – lucro real anual

1.5) Compensação de ativo e passivo

1.5.1) Exemplos de situações mais comuns

2) IMPORTAÇÕES DE REGISTROS DE OUTROS MÓDULOS OU SISTEMAS

2.1) Mecanismos usuais adotados para integração contábil

2.2) Sistemas que adotam lançamentos com e sem efeito financeiro – contas a pagar ou receber

2.3) Integração contábil incompleta ou deficiente (offline)

2.4) Leiautes de arquivo texto para importação

2.5) Desenvolvimento de exercício prático

3) LANÇAMENTOS CONTÁBEIS COMPLEMENTARES

3.1) Mercadorias faturadas e não entregues

3.2) Devolução de venda do exercício social anterior

3.3) Perdas estimadas com créditos de liquidação duvidosa (PECLD) e perdas no recebimento de créditos

3.3.1) Perdas estimadas com créditos de liquidação duvidosa (PECLD)

3.3.2) Perdas com créditos de Clientes (ou no recebimento de créditos)

3.3.2.1) Convivência das perdas dedutível e indedutível para fins de IRPJ/CSLL lucro real

3.3.2.2) Contabilização

3.4) Rendimentos de aplicações financeiras de renda fixa

3.5) Créditos de ICMS, PIS e COFINS sobre aquisição de ativo imobilizado

3.5.1) ICMS

3.5.1.1) Prazo e início do crédito

3.5.1.2) Estorno de crédito de ICMS (CIAP)

3.5.2) PIS e COFINS

3.5.2.1) Valores integrantes e não integrantes da base de cálculo do crédito

3.6) Despesas e receitas antecipadas

3.6.1) Despesas antecipadas

3.6.2) Receitas antecipadas

3.7) Juros sobre empréstimos, IOF e IRRF incidentes

3.7.1) Operações de mútuo e tributos incidentes

3.8) Apropriação de juros e multa de mora e atualização de parcelamentos tributários

3.9) Variações Cambiais

3.10) Ganho ou perda na alienação de bem do ativo imobilizado

3.11) Desenvolvimento de exercício prático

4) ANÁLISE E CONCILIAÇÃO DOS SALDOS DAS CONTAS PATRIMONIAIS

4.1) Pré requisitos do analista contábil

4.2) Análise e conciliação

4.3) Análise de contas

4.3.1) Periodicidade de análise das contas

4.3.2) Irregularidades detectadas

4.4) Conciliação das contas patrimoniais

4.5) Desenvolvimento de exercícios práticos

5) AJUSTES DECORRENTES DOS ATUAIS MÉTODOS E CRITÉRIOS CONTÁBEIS

5.1) Quotas de depreciação do ativo imobilizado

5.1.1) Depreciação em conformidade com as NBC

5.1.2) Métodos de depreciação

5.1.3) Depreciação – taxas e prazos admitidos pela RFB (IN RFB 1.700/2017 Anexo III)

5.1.4) Valor residual de bens do ativo imobilizado

5.1.5) Modelo de laudo interno

5.1.6) Ajustes referentes a quota de depreciação divergente – lucro real

5.1.7) Depreciação sobre AVJ da adoção inicial (deemed cost)

5.1.8) Valor unitário do bem deduzido como despesa

5.2) Ajuste a Valor Presente – AVP

5.2.1) Valor Presente (VP) diferente de Ajuste a Valor Presente (AVP)

5.2.2) Transações não ajustadas a valor presente

5.3) Critérios de mensuração dos ativos

5.3.1) Ajuste a valor justo – AVJ

5.3.1.1) Valor justo4

5.3.1.1.1) O que deve ser considerado na avaliação do valor justo4

5.4) Perdas estimadas com recuperabilidade de ativos (impairment)

5.4.1) Recuperabilidade dos ativos

5.4.1.1) Ativos sujeitos ao teste de impairment

5.4.1.2) Ativos com exigência do teste de impairment pelo menos uma vez ao ano

5.4.1.3) Indicadores de desvalorização

5.4.2) Estoques – valor realizável líquido

5.4.3) Ativo imobilizado

5.5) Reflexos tributários após a vigência da Lei 12.973/2014

5.5.1) Ajustes introduzidos a partir da Lei 12.973/2014

5.5.1.1) Tratamento dos ajustes introduzidos a partir da Lei 11.638/2007 para fins tributários

5.5.2) Segregação em subcontas vinculadas do ativo e passivo

5.5.3) Diferença entre os saldos dos balancetes societário e fiscal do FCONT em 31/12/2014

5.5.4) Movimentações ocorridas a partir de 01/01/2015

6) JUROS SOBRE CAPITAL PRÓPRIO E LUCROS DISTRIBUÍDOS

6.1) Juros sobre Capital Próprio

6.1.1) Delimitação das contas do PL sujeitas à remuneração

6.1.2) Parcela dedutível da base do IRPJ e CSLL

6.1.3) Contabilização dos JSCP como exclusão da Parte A do Lalur/Lacs – opção da IN RFB 1.700/2017

6.1.4) JSCP creditados desproporcionalmente à participação dos sócios no capital

6.1.4.1) Incidência previdenciária

6.1.4.2) IRRF

6.2) Distribuição de lucros

6.2.1) Distribuição desproporcional de lucros

6.2.2) Distribuição antecipada de lucros no decorrer do exercício social

6.2.3) Isenção do IRRF sobre lucros ou dividendos distribuídos

6.2.4) Não incidência da previdência social sobre lucros ou dividendos distribuídos

7) IRPJ E CSLL

7.1) IRPJ/CSLL – corrente e diferido

8) DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

8.1) Demonstrações contábeis e partes integrantes

8.1.1) Micro e Pequenas Empresas

8.2) Demonstração do Resultado (do Exercício)

8.3) Demonstração dos Fluxos de Caixa – método indireto

8.4) Notas explicativas para PME

8.4.1) Obrigatórias e comuns à maioria das entidades

8.4.2) listadas na NBC TG 1000, porém menos comuns ou relevantes

8.4.3) Modelo notas explicativas – PME

8.5) Mudanças nas políticas e estimativas contábeis e retificação de erro de exercícios anteriores

8.5.1) Mudanças nas políticas contábeis

8.5.2) Mudanças nas estimativas contábeis

8.5.3) Retificação de erros de exercícios anteriores

8.5.4) Reflexos na ECD

8.5.5) Situações prospectivas apresentadas apenas em notas explicativas

 

 “Trazer Calculadora, Lápis e Borracha.”



  • Atendimento

    Atendimento
  • Mensagem de Contato

    Mensagem de Contato
  • Newsletter

    Para receber a programação de nossos cursos, Informe seu email.
  • Facebook

  • Pagamento Seguro

    Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro