» Liderar x Gerenciar! Um ou outro, ou os dois juntos?

Liderar x Gerenciar! Um ou outro, ou os dois juntos?

Por Cintia Knaut

 

Peter Drucker e Warren Bennis certa vez disseram: “Gerenciar é fazer as coisas do jeito certo; liderar é fazer as coisas certas. Gerenciar está ligado às tarefas, aos processos, à administração do tempo para fazer as coisas acontecerem do jeito certo. Já a liderança, está relacionada com os objetivos. Fazer a coisa certa para alcançar o resultado desejado.

 

As mudanças que ocorrem hoje nas diversas áreas de nossas vidas, principalmente no âmbito profissional, requerem primeiramente a liderança, depois, o gerenciamento. É importante termos uma bússola, sabermos a direção certa (liderança), só que depois precisaremos analisar, avaliar dados e fazer o que for necessário para chegar lá (gerenciamento). Stephen Covey diz que “a eficácia, e muitas vezes a sobrevivência, não depende apenas de quanto esforço se faz, e sim se estamos realizando este esforço no lugar certo”. Por isso a importância da liderança.

 

Liderar é relacionar-se, ajudar, servir, avaliar as pessoas de uma maneira positiva, despertar o melhor de cada um. O gerenciar e liderar andando juntos geram excelentes resultados não só para a organização, mas também na vida pessoal e profissional da pessoa. O gerente está voltado para as tarefas, prazos e projetos, ele gerencia os resultados. Já o líder, vai “liderar” as pessoas que vão gerar esses resultados. Aqui percebemos a relevância das duas funções, dos dois papéis. Um agrega valor ao outro.

 

Os negócios e as equipes não funcionarão bem se apenas os gerentes fizerem eficazmente o seu trabalho de controlar os resultados. Isto, porque se as pessoas que vão executar não estiverem motivadas e comprometidas com suas tarefas e com os objetivos da organização, terão retrabalho e baixa produtividade. O sucesso no gerenciamento não compensa o fracasso na liderança. Daí a grande importância de desenvolvermos nossa liderança.

 

Por outro lado, de nada adianta termos apenas uma liderança efetiva, com uma equipe comprometida, motivada e com um bom clima organizacional, se os controles internos, operacionais e a análise dos dados não estiverem sendo feitos corretamente. Problemas internos com este, comprometem a viabilidade do negócio, gerando prejuízos e atingindo a todos.

 

Estes exemplos são relacionados às empresas e à nossa função dentro delas. Você já parou para pensar como aborda este tema na sua vida pessoal? É importante que cada um de nós “pessoa física” sejamos lideres e gerentes de nós mesmos, da nossa vida. É fundamental que nosso foco seja “fazer primeiro” o que é mais importante. Aqui entra a nossa disciplina e vontade de fazer o melhor. Neste caso, vamos GERENCIAR nossos atos, comportamentos e resultados. O que precisamos também, é termos em mente “o que é mais importante” para que estejamos na direção certa, sendo LÍDERES da nossa vida rumo aos nossos objetivos, de acordo com nossos valores.

 

Escreva aqui abaixo como isso acontece em sua vida. Caso tenha alguma pergunta, escreva que eu mesma vou responder. Vamos juntos! Eu e você HOJE, MELHORES do que ontem.



  • Atendimento

    Atendimento
  • Mensagem de Contato

    Mensagem de Contato
  • Newsletter

    Para receber a programação de nossos cursos, Informe seu email.
  • Facebook

  • Pagamento Seguro

    Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro